10 Filmes para Conhecer F.W Murnau

Por Philippe Leão

Facebook: www.facebook.com/cineplot
YouTube: www.youtube.com/cineplotoficial

Murnau foi um dos mais influentes diretores do cinema mudo alemão. Versátil, o autor transitou pelo Expressionismo Alemão, Kammerspiel e Nova Objetividade, importantes movimentos cinematográficos dos anos 1920′. Mais tarde conquistou Hollywood, realizando, entre outros, Aurora, considerado um dos melhores filmes de todos os tempos.

 

Filmes para Conhecer F.W Murnau

 

AURORA

Direção: F.W Murnau
País: EUA
Ano: 1927
Nome Original: Sunrise: A Song of Two Humans

Seduzido por uma moça da cidade, um fazendeiro tenta afogar sua mulher, mas desiste no último momento. Esta foge para a cidade, mas ele a segue para provar o seu amor. Vencedor de 3 Oscar, incluindo melhor atriz para Janet Gaynor (Nasce uma Estrela), Aurora é uma obra poética de grande beleza plástica, repleta de cenas inesquecíveis.

 

O CAMPO DE FOGO

Direção: F.W Murnau
País: Alemanha
Ano: 1922
Nome Original: Der Brennende Acker

Quando o agricultor Rog morre, seu filho Peter permanece em suas terras, porém Johannes não está satisfeito e encontra um trabalho junto ao velho Conde Rudenberg. Sua ambição leva-o a se envolver com a única filha do Conde. Mas, quando ele descobre que a segunda esposa de seu chefe herdará terras em breve, sua ganância falará mais alto.

 

FAUSTO

Direção: F.W Murnau
País: Alemanha
Ano: 1926
Nome Original: Faust

Baseado na famosa peça de Goethe, temos Fausto, um velho alquimista que vê sua cidade ser assolada pela peste negra. Vendo tanta morte, começa a pensar sobre sua própria finitude. Ele então evoca Mefistofeles, e lhe pede sua juventude de volta e eterna. O demônio a garante, em troca da alma de Fausto. Tudo parecia perfeito, até este se apaixonar por uma jovem italiana. Marco absoluto no cinema alemão, é o último filme de Murnau no país.

 

TARTUFO

Direção: F.W Murnau
País: Alemanha
Ano: 1925
Nome Original: Herr Tartüff

O mais talentoso cineasta do cinema expressionista alemão, F.W. Murnau juntou-se com os melhores profissionais da época para filmar uma adaptação de Moliére. O grande ator Emil Jannings criou um tipo inesquecível para interpretar o pseudofanático religioso de libidinosa sexualidade. Esta tragicomédia de Murnau conta a história de uma governanta hipócrita e manipuladora que maltratava um velho, cuja herança espreita. O sobrinho do velho, percebendo a falsidade e o plano diabólico da governanta, arma uma cilada para desmascará-la.

 

A ÚLTIMA GARGALHADA

Direção: F.W Murnau
País: Alemanha
Ano: 1924
Nome Original: Der Letzte Mann

O idoso porteiro do Atlantis, um elegante hotel de Berlim, sente orgulho do seu trabalho, que faz com dedicação, e se comporta como um general em seu resplandecente uniforme, sendo tratado com respeito pelos seus amigos e vizinhos. Entretanto, o novo gerente do hotel se mostra insensível quando o velho porteiro para um pouco para se recompor, após carregar uma pesada bagagem, e assim o gerente decide que o atual porteiro é velho demais para o cargo e o rebaixa para criado do banheiro masculino. Isto provoca um efeito desastroso no prestígio do homem e na sua auto-estima.

 

NOSFERATU

Direção: F.W Murnau
País: Alemanha
Ano: 1922
Nome Original: Nosferatu, eine Symphonie des Grauens

Hutter, agente imobiliário, viaja até os Montes Cárpatos para vender um castelo no Mar Báltico cujo proprietário é o excêntrico conde Graf Orlock, que na verdade é um milenar vampiro que, buscando poder, se muda para Bremen, Alemanha, espalhando o terror na região. Curiosamente quem pode reverter esta situação é Ellen, a esposa de Hutter, pois Orlock, está atraído por ela.

 

FANTASMA

Direção: F.W Murnau
País: Alemanha
Ano: 1922
Nome Original: Phantom

Lorenz Lubota, um escrivão público de origem humilde, se apaixona obsessivamente pela mulher que estava na carruagem que o atropelou – Veronika, que pertence a uma das famílias mais ricas da cidade. Ao mesmo tempo em que é levado a crer que pode tornar-se um famoso e respeitado escritor graças aos seus poemas (na verdade, um grande mal-entendido), Lorenz encontra Melitta, uma sósia da sua amada, trabalhando num cabaré decadente. As duas mulheres – que na verdade representam uma mesma grande paixão – irão transformar o mundo de Lorenz de maneira irreversível.

 

O CASTELO VOGELÖD

Direção: F.W Murnau
País: Alemanha
Ano: 1921
Nome Original: Schloß Vogeloed

No castelo Vogeloed, alguns aristocratas esperam a baronesa Safferstätt, e descansam durante a estação de chuvas. Acontece que o Conde Oetsch resolve convidar a si mesmo e a situação se torna complicada. Todos acreditam que foi ele que assassinou a três anos atrás seu próprio cunhado, o primeiro marido da baronesa.
Assim, ele é indesejável e persona non grata. A viúva vai chegar a qualquer instante com seu atual marido. Mas Oetsch é resoluto e permanece, argumentando que não foi o assassino e que irá descobrir muito em breve quem foi o verdadeiro.

 

TABU

Direção: F.W Murnau
País: EUA
Ano: 1931
Nome Original: Tabu: A Story of the South Seas

A história de amor entre Reri, uma garota considerada intocável e Matahi, um pescador de pérolas. Ele está disposto a ir contra as tradições pelo amor de Reri.

 

O PÃO NOSSO DE CADA DIA

Direção: F.W Murnau
País: EUA
Ano: 1930
Nome Original: City Girl

Lem é filho de um casal de fazendeiros, tendo passado sua vida às voltas com as colheitas de trigo. Em uma ocasião, viaja para Chicago a fim de vender a produção da família. Encanta-se por Kate, garçonete de um grande restaurante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *