12 Filmes sobre Amor e Obsessão

Por Philippe Leão

Twitter: @Cineplotoficial
Instagram: @Cineplotoficial
Facebook: www.facebook.com/cineplot

 

A obsessão de configura a partir da preocupação exagerada com alguma coisa. O comportamento, em determinados graus, determina a conduta da pessoa obsessiva em uma constante perseguição à pessoa obcecada. As ações obsessivas geralmente são conduzidas contra a vontade da pessoa obcecada. Os relacionamentos abusivos estão intimamente ligados a esse tipo de comportamento.

A ligação do amor com a obsessão está vinculado a ideia do amor como posse, o comportamento em relação a outra pessoa, podendo ser reciproca ou não, estando em um relacionamento ou não. A organização de suas vidas em função do parceiro é uma clara manifestação do amor obsessivo. Contudo, as atividades são direcionadas para o interesse amoroso da pessoa obsessiva, contrariando as vontades do parceiro. Imagine, por exemplo, em Um Corpo que Cai. O personagem vivido por James Stewart vive em uma perseguição compulsiva à Kim Novak. O amor ardente que existe entre os dois se transforma em um relacionamento extremamente abusivo, que conduz as ações de Stewart e limitam a liberdade de Novak.

Uma vez não correspondido, a desilusão amorosa de uma pessoa obsessiva pode se manifestar em uma constante perseguição, transformando-se em um stalker.

Vamos aos filmes?

Filmes sobre Amor e Obsessão

Um Corpo que Cai

Direção: Alfred Hitchcock
Ano: 1958
País: EUA
Nome Original: Vertigo

Em São Francisco, um detetive aposentado (James Stewart) que sofre de um terrível medo de alturas é encarregado de vigiar uma mulher (Kim Novak) com possíveis tendências suicidas, até que algo estranho acontece nesta missão.

 

Ato Final

Direção: Jerzy Skolimowski
Ano: 1970
País: Reino Unido
Nome Original: Deep End

Um rapaz de origem humilde e recém-formado no colegial não encontra boas colocações profissionais e arruma um emprego numa termas pública de um subúrbio de Londres. No trabalho, ele se apaixona perdidamente por uma colega de trabalho, uma mulher mais velha do que ele.

 

Império dos Sentidos

Direção: Nagisa Oshima
Ano: 1976
País: Japão
Nome Original: Ai no Korîda

A história de uma ex-prostituta que envolve-se em um caso de amor obsessivo com o senhorio de uma propriedade onde ela trabalha como criada. O que começa como uma diversão inconseqüente transforma-se em uma paixão que ultrapassa quaisquer limites.

 

Veludo Azul

Direção: David Lynch
Ano: 1986
País: EUA
Nome Original: Blue Velvet

Um rapaz simplório envolve-se em uma perigosa investigação sobre os negócios de um traficante de drogas, que mantém uma relação sadomasoquista com uma bela cantora de cabaré.

 

Continue na próxima página!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *