12 Filmes Anti-guerra que você precisa assistir

Por Moisés Moreira

Twitter: @Cineplotoficial
Instagram: @Cineplotoficial
Facebook: www.facebook.com/cineplot

Nesta lista os simplórios filmes que retratam as guerras não tem vez, e aqui, também, a temática tende a focar nos conflitos que se passam em quaisquer guerras históricas. O objetivo é listar as obras fílmicas que fazem oposição às guerras seja por meio de denúncias das malezas dos conflitos, da propaganda belicista, da ideologia militar, da tirania do Estado, da farsa ideológica do patriotismo ou nacionalismo radical e da matança arbitrária que gira entorno da guerra. O foco é apresentar a humanização das pessoas, deixando de lado as diferenças raciais e culturais.

Se você achou que algum filme ficou de fora, deixe sua indicação juntamente com um comentário categórico. Discussões saudáveis são bem vindas!

 

Filmes Anti-guerra que você precisa assistir

 

Sem Novidade no Front

Direção: 1930
Ano: Lewis Milestone
País: Estados Unidos
Nome Original: All Quiet on the Western Front

Sete estudantes alemães são convencidos, pelo seu professor, a se alistarem após a eclosão da Primeira Guerra Mundial. Entretanto, no campo de batalha, descobrem da pior maneira possível seus horrores, traumas e vidas que nunca mais serão as mesmas. Ganhador Oscar de Melhor Filme e Direção, Sem Novidade no Front é considerado o maior filme anti-guerra de todos os tempos.

 

Johnny Vai à Guerra

 

Direção: Dalton Trumbo
Ano: 1971
País: Estados Unidos
Nome Original: Johnny Got His Gun

Escrito e dirigido por Dalton Trumbo, Johnny Vai à Guerra pode ser considerado como uns dos mais ácidos e impactantes filmes anti-belicista. Joe, um jovem soldado estadunidense, é gravemente ferido nos momentos finais da Primeira Guerra Mundial. Ele está recolhido num hospital e aos poucos vai percebendo sua atual situação psicofísica – a mutilação e o estado da sua consciência. Joe passa a relembrar sua infância, contudo não tem certeza se está num sonho ou se está acordado.

 

Glória Feito de Sangue

 

Direção: Stanley Kubrick
Ano: 1957
País: Estados Unidos
Nome Original: Paths of Glory

Na Primeira Guerra Mundial, em 1916, um general francês ordena aos seus soldados que realizem um ataque suicida, mas nem todos puderam avançar. Com isso, ele designa para que sua artilharia ataque as próprias trincheiras. Esse pedido absurdo é rapidamente recusado pelos soldados, então o general resolve pedir o julgamento e a execução de todo regimento. Ao final, é decido que somente três soldados serão indiciados e executados para servir de exemplo, de insubordinação coletiva, mas o coronel resolve intervir para tentar impedir essa arbitrária decisão.

 

A Harpa da Birmânia

Direção: Kon Ichikawa
Ano: 1956
País: Japão
Nome Original: Biruma no Tategoto

Poucos dias após o término da Segunda Guerra Mundial, alguns soldados japoneses não acreditaram que o seu país foi derrotado e continuam a lutar em nome da pátria. Mas um pelotão, liderado por um capitão amante da música, se rende na fronteira com a Tailândia após saber sobre o fim da guerra. Ao se renderem são presos e levados para um campo de prisioneiros, e lá descobrem que ainda há uma tropa de compatriotas, localizada numa montanha, que recusa a rendição e, que assim, por continuar lutando, será aniquilada pelas forças inglesas. É designado a um desses soldados prisioneiros, um talentoso harpista, para que convença os outros soldados a se renderem. Após o sangrento desfecho, em vez de retornar ao campo de prisioneiro, ele vestido de monge ainda precisa completar sua última e misteriosa missão.

Continue na próxima página!

3 comentários em “12 Filmes Anti-guerra que você precisa assistir

  • 12 de abril de 2017 em 00:35
    Permalink

    não gostei desse negocio de varias paginas para ver todos os filmes

    Resposta
  • 12 de abril de 2017 em 13:54
    Permalink

    Faltou ‘A infância de Ivan’!

    Resposta
  • 12 de abril de 2017 em 19:14
    Permalink

    Johnny Got His Gun é incrível, Brilhante. Ainda me pego pensando nele. Pretendo ver alguns outros dessa lista (:

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *