12 Atuações Memoráveis em Filmes de Akira Kurosawa

Por Philippe Leão

Twitter: @Cineplotoficial
Instagram: @Cineplotoficial
Facebook: www.facebook.com/cineplot

Não é novidade pra ninguém a incrível capacidade artística de Akira Kurosawa, um dos maiores diretores cinematográficos que esse mundo já viu. Contudo, mais que isso, seus filmes trouxeram atuações memoráveis!

Atuações Memoráveis em Filmes de Akira Kurosawa

 

Toshiro Mifune como Kikuchiyo em “Os Sete Samurais”

Mifune Sete Samurais

Durante o Japão feudal do século XVI, um velho samurai chamado Kambei (Takashi Shimura) é contratado para defender uma aldeia indefesa que é constantemente saqueada por bandidos. Contando com a ajuda de outros seis samurais, Kambei treina os moradores para resistirem à um novo ataque, que deve acontecer muito em breve.

 

Tatsuya Nakadai como Shingen Takeda/Kagemusha “Kagemusha”

Tatsuya Kagemusha

Shingen, um poderoso Senhor da Guerra, torna-se lendário como o lema que decora os seus estandartes: “veloz como o vento, silencioso como a floresta, feroz como o fogo, inalterável como a montanha”. Em meio a uma grande guerra, Shingen, seriamente ferido, ordena ao clã que use algum sósia para o substituir caso faleça – para manter a sua morte em segredo, evitando assim o ataque dos seus inimigos. Mas este é um vulgar criminoso que tem de aprender a transformar-se num grande líder e comandar um exército de 25.000 leais guerreiros Samurai… Drama épico sobre conflitos feudais no Japão do século XVI, “Kagemusha” ganhou o grande prémio do festival de Cannes 1980, e é considerado um marco na carreira do conceituado realizador Akira Kurosawa.

 

Toshiro Mifune como O Samurai em “Yojimbo”

Toshiro Mifune Yojimbo

No Japão do século XIX, Sanjuro (Toshirô Mifune), um samurai errante, entra em uma pequena cidade rural. Ao descobrir pelo estalajadeiro que a cidade é dividida em duas gangues, Sanjoro coloca os dois lados em confronto, mas quando Unosuke (Tatsuya Nakadai), filho de um dos bandidos, chega à cidade com um revólver os esforços de Sanjuro ficam difíceis e ele sai da cidade. Porém, ao descobrir que Unosuke sequestrou o estalajadeiro, o samurai retorna a cidade para confrontá-lo.

 

Machiko Kyô como Masako Kanazawa em “Rashomon”

Machiko Kyô Rashomon

O filme descreve um estupro e assassinato através dos relatos amplamente divergentes de quatro testemunhas, incluindo o próprio criminoso e, através de um médium (Fumiko Honma), a própria vítima. A história se desvela em flashbacks conforme os quatro personagens — o próprio bandido (Toshiro Mifune), o samurai assassinado Kanazawa-no-Takehiro (Masayuki Mori), sua esposa Masago (Machiko Kyō) e o lenhador sem nome (Takashi Shimura) — recontam os eventos de uma tarde em um bosque. Mas é também um flashback dentro de um flashback, porque os relatos das testemunhas são recontados por um lenhador e um sacerdote (Minoru Chiaki) para um grosseiro plebeu (Kichijiro Ueda) enquanto eles esperam por uma tempestade em uma portaria arruinada.

 

Yoshiko Kuga como Ayako em “O Idiota”

Ayako O Idiota

Com O Idiota, Kurosawa utiliza um texto de peso do mestre Dostoiévski. Conheça a história de Kameda, que viaja para Hokkaiko e acaba se envolvendo com duas mulheres. A tragédia acontece após uma perceber que não é amada e decidir tomar providências drásticas quanto a sua situação.

Continue na próxima página!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *