8 Filmes para conhecer o Cinema Cubano – Especial “Vai pra Cuba!”

Por Philippe Leão

Twitter: @Cineplotoficial
Instagram: @Cineplotoficial
Facebook: www.facebook.com/cineplot

Na busca pela identidade Latina o Cineplot lança uma lista de filmes cubanos para ampliar seu conhecimento sobre nosso continente.

O cinema, pelo mundo, tem também uma função identitária, de criação de pertencimento. Em Cuba não é diferente. Confira!

 

 

 

Eu sou Cuba

Direção: Mikhail Kalatozov
Nome original: Soy Cuba
País: Rússia/Cuba

Quatro histórias independentes traçam um painel de Cuba entre a derrubada do regime de Batista e a revolução comunista. Em Havana, Maria envergonha-se quando o homem de quem gosta descobre como ela ganha a vida. Pedro, um camponês idoso, descobre que a terra que cultiva foi vendida a uma empresa. Um universitário vê seus amigos serem atacados pela polícia quando distribuíam panfletos a favor de Fidel Castro. Por fim, uma família de camponeses é ameaçada pelas forças de Batista.

 

Memórias do Subdesenvolvimento

Direção: Tomás Gutiérrez Alea
Nome original: Memórias del Subdesarrollo

Em 1962, logo depois da Revolução de Fidel Castro em Cuba, Sergio fica sozinho em Havana, quando sua mulher se divorcia e sai do país, assim como seu melhor amigo. Acaba se casando com uma mulher que não desejava. Mas sua apatia e inação o condenam à solidão.

 

Morango e Chocolate

Direção: Juan Carlos Tabío; Tomás Gutiérrez Alea
Nome original: Fresa y Chocolate

Estudante cubano que acredita firmemente no regime de Fidel Castro entra em depressão quando sua namorada o deixa para casar-se com outro. Sua vida toma outro rumo quando ele conhece Diego, artista homossexual que luta contra a discriminação. “Morango e Chocolate” é um dos maiores filmes do cinema latino-americano, talvez o maior do cinema cubano. Ele aborda com talento e sensibilidade a questão da discriminação ao homossexualidade existente em Cuba.

 

Lucía

Direção: Humberto Solas
Nome original: Lucía

A história de três mulheres (com mesmo nome) que vivem em momentos históricos diferentes em Cuba. A primeira, vinda de familia rica, vive na Cuba do final do séc XIX em meio das lutas da independência, onde se apaixona por um rico espanhol, que dará inicio a um pesadelo pessoal. A segunda, de familia de classe média, vive na Cuba da década de 30 sob a ditadura do ditador Machado e se apaixona por um militante de esquerda. A terceira, já na cuba revolucionária, é uma camponesa que trabalha nos campos coletivos e que se casa com um homem machista e autoritário.

 

Morte de um Burocrata

Direção: Tomás Gutiérrez Alea
Nome original: La Muerte de un Burócrata

Um trabalhador exemplar morre em um acidente e é enterrado com a sua carteira de trabalho. Para conseguir o direito de pensão para a sua tia, Juanchín sofre os percalços de uma odisseia provocada pelos absurdos da burocracia.

 

Suíte Havana

Direção: Fernando Pérez
Nome original: Suite Habana

Um dia qualquer na vida de dez habitantes da cidade de Havana, localizada em Cuba. O dia-a-dia da cidade, mostrando a diversidade dos grupos sociais que existem e que formam várias cidades em uma só.

 

Numa Escola de Havana

Direção: Ernesto Daranas
Nome original: Conducta

Chala (Armando Valdes Freire), um garoto de onze anos, vive com sua mãe viciada em drogas, Sonia (Yuliet Cruz). Para sustentar a casa, ele treina cães de briga, indiretamente ajudado por um homem que pode ser ou não seu pai biológico. As dificuldades de sua vida refletem na escola, onde é aluno de Carmela (Alina Rodriguez), por quem ele tem um grande respeito. Mas quando ela fica doente e tem que se afastar, Chala não se adapta à nova professora, que sugere que ele seja transferido para um internato. Quando Carmela retorna, não aceita essa medida e outras imposições que aconteceram durante sua ausência. Enquanto a relação entre professora e aluno se intensifica, os dois passam a ser perseguidos na escola, levando a um conflito que reflete o complexo sistema contemporâneo de Cuba.

 

Lista de Espera

Direção: Juan Carlos Tabío
Nome original: Lista de Espera

Uma pequena estação de ônibus no centro de Cuba. Todos os ônibus passam cheios e o único veículo no terminal está quebrado. Não tem solução, mas um grupo de passageiros decide consertar o ônibus. Fernández (o administrador) protesta, e Cristóbal (o funcionário) ameaça, mas Emilio, Jacqueline, o Cego e outros continuam sem seu esforço a tecer uma estranha e terna história através da qual vão sentir-se pela primeira vez donos de sua própria vida.

 

CONFIRA O NOSSO CANAL E VEJA UM POUCO MAIS SOBRE O CINEMA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *