12 Filmes Ambientados na Crise de 1929

Por Philippe Torres

 

Período histórico bastante recorrente no ensino médio e vestibulares, a Crise Econômica e quebra da bolsa de 1929 é assunto recorrente na história do Cinema. Confira alguns filmes:

 

Curta nossa página no Facebook

 

O Anjo Azul

O Anjo Azul

 

Direção: Josef von Sternberg
País: Alemanha
Ano: 1930
Nome Original: Der Blaue Engel

Alunos de ensino médio trocando figurinhas durante a aula. É com este cenário que começa a lenta, porém crescente, degradação da vida do professor de artes e ciência, Immanuel Rath (Jannings). Quando este descobre serem as figurinhas fotos de mulheres semi-nuas conseguidas na casa de espetáculos Anjo Azul, que seus alunos frequentam, Rath vai lá tirar satisfações com os garotos, e acaba conhecendo a cantora de cabaré Lola Lola (Dietrich).

 

Caçadoras de Ouro de 1933

Direção: Mervyn LeRoy
País: EUA
Ano: 1933
Nome Original: Gold Diggers of 1933

Durante a Depressão americana, três atrizes (Polly, Carol, e Trixie) se vêm sem trabalho quando o show do qual participariam é cancelado devido a dívidas de impostos. Quando convidam Barney Hopkins, o produtor da peça, para seu apartamento para discutir novas possibilidades, Barney ouve o vizinho e amigo de Polly, Brad, tocando piano e cantando. Brad é um talentoso compositor que se oferece para bancar a peça, mas se recusa a atuar na mesma, apesar da bela voz. As três amigas começam a desconfiar que Brad pode estar escondendo algo muito ruim…

 

Tempos Modernos

 

Tempos Modernos

Direção: Charles Chaplin
País: EUA
Ano: 1936
Nome Original: Modern Times

Um operário de uma linha de montagem, que testou uma “máquina revolucionária” para evitar a hora do almoço, é levado à loucura pela “monotonia frenética” do seu trabalho. Após um longo período em um sanatório ele fica curado de sua crise nervosa, mas desempregado. Ele deixa o hospital para começar sua nova vida, mas encontra uma crise generalizada e equivocadamente é preso como um agitador comunista, que liderava uma marcha de operários em protesto. Simultaneamente uma jovem rouba comida para salvar suas irmãs famintas, que ainda são bem garotas. Mas o pior ainda está por vir.

 

A Rosa Púrpura do Cairo

 

A Rosa Púrpura do Cairo

Direção: Woody Allen
País: EUA
Ano: 1985
Nome Original: The Purple Rose of Cairo

Em área pobre de Nova Jersey, durante a Depressão, uma garçonete (Mia Farrow) que sustenta o marido bêbado e desempregado, que só sabe ser violento e grosseiro, foge da sua triste realidade assistindo filmes. Mas ao ver pela quinta vez “A Rosa Púrpura do Cairo” acontece o impossível! Quando o herói da fita sai da tela para declarar seu amor por ela, isto provoca um tumulto nos outros atores do filme e logo o ator que encarna o herói viaja para lá, tentando contornar a situação. Assim, ela se divide entre o ator e o personagem.

 

Bonnie & Clyde – Uma Rajada de Balas

Bonnie & Clyde - Uma Rajada de Balas

 

Direção: Arthur Penn
País: EUA
Ano: 1967
Nome Original: Bonnie e Clyde

Durante a era da Grande Depressão, Bonnie (Faye Dunaway) e Clyde (Warren Beatty) são dois jovens que se conhecem de forma inusitada, acabam se apaixonando e tornam-se uma das duplas de assaltantes mais famosas de toda a história americana. Baseado em fatos reais.

 

Vinhas da Ira

Vinhas da Ira

 

Direção: John Ford
País: EUA
Ano: 1940
Nome Original: The Grapes of Wrath

Oklahoma, na época da Depressão. O filho mais velho de uma família de trabalhadores rurais pobres retorna para casa, após cumprir pena por homicídio involuntário. Ele planeja levar em um pequeno caminhão a família até a Califórnia, onde se diz que trabalho lá não falta. Durante a viagem eles passam por diversos tipos de provações e quando chegam na Terra Prometida descobrem que era um lugar bem pior do que aquele que tinham deixado.

 

O Sol é Para Todos

O Sol é Para Todos

 

Direção: Robert Mulligan
País: EUA
Ano: 1962
Nome Original: To Kill a Mockingbird

Jean Louise Finch (Mary Badham) recorda que em 1932, quando tinha seis anos, Macomb, no Alabama, já era um lugarejo velho. Nesta época Tom Robinson (Brock Peters), um jovem negro, foi acusado de estuprar Mayella Violet Ewell (Collin Wilcox Paxton), uma jovem branca. Seu pai, Atticus Finch (Gregory Peck), um advogado extremamente íntegro, concordou em defendê-lo e, apesar de boa parte da cidade ser contra sua posição, ele decidiu ir adiante e fazer de tudo para absolver o réu.

 

Lua de Papel

 

Lua de Papel

Direção: Peter Bogdanovich
País: EUA
Ano: 1973
Nome Original: Paper Moon

Em 1936, após a morte da mãe, a órfã Addie Loggins (Tatum O’Neal) fica sob os cuidados de Moses Pray (Ryan O’Neal), um vendedor de bíblias que na verdade é um vigarista, que pode ou não ser o pai de Addie.

Tentando entregar Addie aos parentes dela, Moses descobre que aquela menina de 9 anos é bem precoce, pois tem um enorme “jogo de cintura” e até mesmo fuma e pragueja.

 

A Noite dos Desesperados

They Shoot Horses, Don't They

 

Direção: Sidney Pollack
País: EUA
Ano: 1969
Nome Original:
Em 1929, em plena depressão americana, uma desumana maratona de dança premiava o casal que resistisse por mais tempo na pista, mesmo que isso representasse a morte para o vencedor. Baseado em romance de Horace McCoy. Oscars de melhor ator coadjuvante, para Gig Young, e melhor roteiro.

 

O Imperador do Norte

 

O imperador do norte

Direção: Robert Aldrich
País: EUA
Ano: 1973
Nome Original: The Emperor of the North

Lee Marvin é um mendigo veterano com grande instinto de sobrevivência que se auto-intitula o “Imperador do Pólo Norte”. Keith Carradine é um novato no mundo das caronas em trens incapaz de parar de contar vantagem. Ernest Borgnine, o responsável pelo trem #19, que se gaba de nunca ter permitido que um mendigo pegasse uma carona em seu trem e está disposto a matar para garantir que as coisas sigam dessa forma. A vida dos três entra em conflito quando lutam pelo poder do trem.

 

Loucura Americana

Loucura Americana

 

Direção: Frank Capra
País: EUA
Ano: 1932
Nome Original: American Madness

Durante a era da grande depressão americana, homem toma uma posição corajosa diante do imenso poder das corporações, ao passo que os Estados Unidos passam por sua maior catástrofe econômica. Ele é Tom Dickson (Walter Huston), que por 25 anos tem sido um leal e dedicado presidente de banco. Quando a bolsa de valores sofre um colapso, o comitê da diretoria abusa do seu poder pedindo empréstimos, forçando Dickinson a lutar por seu emprego. Até que um executivo do banco sem escrúpulos e um suposto roubo de 5 milhões de dólares leva sua carreira e seu casamento à beira da destruição.

O Pão Nosso

Our Daily Bread

 

Direção: King Vidor
País: EUA
Ano: 1934
Nome Original: Our Daily Bread

John e Mary, atingidos pela crise financeira, se envolvem numa empreitada fantástica: a criação de uma fazenda comunitária com outros desvalidos do sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *