12 Filmes com Trens como elemento narrativo

Por Philippe Torres

 

Resolvi fazer essa lista, bem diferente das que já aqui presentes no site, após finalmente assistir ao filme Desencanto, uma das obras primas do diretor britânico David Lean. Percebi, então, haver diversos filmes ambientados ou com a presença narrativa marcante do trem e/ou seus trilhos. E olha, é uma baita lista. Confira a capacidade poética dos trilhos!

 

15 Filmes com Trens como elemento narrativo

 

 

 

  • A Canção da Estrada

 

A Canção da Estrada

 

Direção: Satyajit Ray
País: India
Ano: 1955
Nome Original: Pather Panchali

No início do século 20, Abul é um menino pertencente a uma pobre família brâmane de um vilarejo na Índia. Seu pai, poeta e sacerdote, é forçado a deixar seus entes queridos em busca de trabalho. Uma das obras-prima do cinema mundial, inédita no Brasil e nas Américas. Este filme foi a estréia espetacular de Satyati Ray. Recuperada a finais dos anos 90, pois um incêndio destruiu os negativos originais, esta é a primeira fita, que deu origem a Trilogia de Apu. Nela se narra a comovente história de uma família de Bengali perseguida pela má sorte. O pai, Harihara, é um sacerdote mundano, curandeiro, sonhador e poeta. Sabajaya, a mãe trabalha para alimentar a uma família, que recebe com alegria e esperança a chegada de um novo filho, Apu.

 

  • Era uma Vez no Oeste

 

 

ouatitwdvd1_original

Direção: Sergio Leone
País: Italia
Ano: 1968
Nome Original: C’era una Volta il West

Em virtude das terras que possuía serem futuramente a rota da estrada de ferro, um pai e todos os filhos são brutalmente assassinados por um matador profissional. Entretanto, ninguém sabia que ele, viúvo há seis anos, tinha se casado com uma prostituta de Nova Orleans, que passa ser a dona do local e recebe a proteção de um hábil atirador, que tem contas a ajustar com o frio matador.

 

  • Desencanto

 

Desencanto

 

Direção: David Lean
País: Reino Unido
Ano: 1945
Nome Original: Brief Encounter

Laura (Celia Johnson) e Alec (Trevor Howard) se conhecem por acaso em uma estação de trem, quando ele remove um cisco do olho dela. Ele é um médico, ela é uma dona de casa. Ambos são de classe média, têm meia-idade e são razoavelmente felizes em seus casamentos. Em pouco tempo passam a se encontrar todas as quintas-feiras, mas apenas como bons amigos. Gradativamente surge uma paixão mútua e eles continuam a se encontrar regularmente, apesar de saberem que este amor é impossível.

 

  • Trens Estreitamente Vigiados

 

Trens Estreitamente Vigiados

 

 

Direção: Jirí Menzel
País: Tchecoslováquia
Ano: 1966
Nome Original: Ostre Sledované Vlaky

Na Tchecoslováquia da Segunda Guerra Mundial, durante a ocupação alemã, jovem tenta seguir os passos do pai e vai trabalhar na estação ferroviária, onde ele aprende um ofício, alguns segredos da vida e descobre o amor.

 

  • A Chegada do Trem na Estação

 

A Chegada do trem na estação

 

Direção: Louis Lumière
País: França
Ano: 1895
Nome Original: L’arrivée d’un train en gare de La Ciotat

Este filme mudo de 50 segundos mostra a entrada de um comboio puxado por uma locomotiva a vapor em uma estação de trem na cidade costeira francesa de La Ciotat. Como a maioria dos primeiros filmes de Lumière, L’arrivée d’un train en gare de La Ciotat consiste de uma visão única, editada ilustrando um aspecto da vida cotidiana. Não há nenhum movimento de câmera aparente intencional, e é um filme composto por um disparo contínuo em tempo real.

 

  • O Grande Roubo do Trem

The Great Train Robbery

 

Direção: Edwin S. Porter
País: EUA
Ano: 1903
Nome Original: The Great Train Robbery

Na cena inicial, dois assaltantes mascarados obrigam um telegrafista a enviar uma mensagem falsa para que o trem faça uma parada imprevista

 

  • O Imperador do Norte

 

4upudpAITtzUa3N5QJ1VqFkBxYr

 

Direção: Robert Aldrich
País: EUA
Ano: 1973

Lee Marvin é um mendigo veterano com grande instinto de sobrevivência que se auto-intitula o “Imperador do Pólo Norte”. Keith Carradine é um novato no mundo das caronas em trens incapaz de parar de contar vantagem. Ernest Borgnine, o responsável pelo trem #19, que se gaba de nunca ter permitido que um mendigo pegasse uma carona em seu trem e está disposto a matar para garantir que as coisas sigam dessa forma. A vida dos três entra em conflito quando lutam pelo poder do trem.

 

  • A General

 

The General

 

Direção: Buster Keaton
País: EUA
Ano: 1926
Nome Original: The General

Keaton baseou-se em fatos reais, ocorridos durante a Guerra Civil americana, para falar sobre soldados da união que roubam a locomotiva General do exército confederado. Maquinista consegue recuperá-la, fazendo da General sua propriedade. Em 1956 a Disney realizou ”The Great Locomotive Chase”, com a mesma história, mas é inédito no Brasil.

 

  • A Ponte do Rio Kwai

 

The Bridge on the River Kwai

 

Direção: David Lean
País: Reino Unido
Ano: 1956
Nome Original: The Bridge on the River Kwai

Na 2ª Guerra Mundial vários soldados ingleses se tornam prisioneiros em um campo de concentração japonês. Este grupo é escolhido pelo chefe do campo para construir uma ponte sobre o rio Kwai. O coronel Nicholson (Alec Guinness), um oficial inglês, planeja a construção para demonstrar a superioridade britânica, mas Shears (William Holden), um americano que é prisioneiro do mesmo campo, planeja a destruição da ponte.

 

  • Cavalo de Ferro

 

Iron Horse

 

Direção: John Ford
País: EUA
Ano: 1924
Nome Original: Iron Horse

Homens enfrentam índios, bandidos e outros problemas durante a construção da primeira ferrovia transcontinental americana, que ligaria o leste ao oeste do país.

 

  • O Espírito da Colméia

 

O Espirito da Colmeia

 

Direção: Victor Erice
País: Espanha
Ano: 1973
Nome Original: El Espíritu De La Colmena

As duas pequenas irmãs Ana (Ana Torrent) e Isabel (Isabel Tellería) moram em terras rurais da Espanha, na década de 40. Elas estão determinadas a encontrar a estranha figura de “Frankenstein” que passará pela região.

 

  • Pacto Sinistro

 

Strangers on a Train

 

Direção: Alfred Hichcock
País: EUA
Ano: 1951
Nome Original: Strangers on a Train

Guy Haines, um tenista profissional, tem a oportunidade de conhecer Bruno Antony, um rico perdulário, em um trem. Tendo lido tudo sobre Guy, Bruno está sabendo que o jogador de tênis tem um casamento infeliz com Miriam e foi visto na companhia de Anne Morton, a filha de um senador. Inoportunamente, Bruno revela para Guy que sempre odiou seu pai. Guy escuta Bruno discursar sobre a teoria da “troca de assassinatos”. Supondo que Bruno matasse Miriam e Guy, em troca, assassinasse o pai de Bruno, não haveria conexão entre os assassinos e suas vítimas e no momento das mortes os interessados teriam álibis que os deixariam livres de qualquer suspeita. Ao chegar no seu destino Guy se despede de Bruno, sem pensar mais na teoria homicida dele, que considerou uma piada. Mas Bruno em sua loucura entendeu que havia um pacto entre eles. Em pouco tempo Miriam é estrangulada e agora Bruno quer que Guy mate seu pai e cumpra sua parte no acordo.

 

2 comentários em “12 Filmes com Trens como elemento narrativo

  • 16 de agosto de 2016 em 11:07
    Permalink

    O assalto ao trem pagador, Giant, trem da vida.

    Resposta
  • 19 de agosto de 2016 em 09:16
    Permalink

    Senti falta de um filme nesta lista: Mystery Train (1989) de Jim Jarmuch.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *