20 Filmes Preto e Branco para pessoas que não gostam de Preto e Branco

Por Philippe Leão

Sabe amigo que, preconceituosamente, vive proferindo a pérola “não gosto de filme em preto & branco”, mesmo que isso não faça sentido algum? Essa é a lista para você que quer converter essas mentes necessitadas. Se você é uma pessoa que tem dificuldades de aceitar tal estética mas que, porém, busca aprecia-la, essa lista também é para você. Obviamente, por se tratar de uma lista de filmes de iniciação, não haverá nada muito aprofundado na lista. Confira!

 

  • O Gabinete do Doutor Caligari

 

O Gabinete do Dr. Caligari

 

Direção: Robert Wiene
País: Alemanha
Ano: 1920
Nome Original: Das Kabinett des Doktor Caligari

Num pequeno vilarejo da fronteira holandesa, um misterioso hipnotizador, Dr. Caligari (Krauss), chega acompanhado do sonâmbulo Cesare (Veidit) que, supostamente, estaria adormecido por 23 anos. À noite, Cesare perambula pela cidade, concretizando as previsões funestas do seu mestre, o Dr. Caligari

 

  • Yojimbo

 

Yojimasc

Direção: Akira Kurosawa
País: Japão
Ano: 1961
Nome Original: Yojimbo

No Japão do século XIX, Sanjuro (Toshirô Mifune), um samurai errante, entra em uma pequena cidade rural. Ao descobrir pelo estalajadeiro que a cidade é dividida em duas gangues, Sanjoro coloca os dois lados em confronto, mas quando Unosuke (Tatsuya Nakadai), filho de um dos bandidos, chega à cidade com um revólver os esforços de Sanjuro ficam difíceis e ele sai da cidade. Porém, ao descobrir que Unosuke sequestrou o estalajadeiro, o samurai retorna a cidade para confrontá-lo.

 

  • M, O Vampiro de Dusseldorf

 

M, O Vampiro de Dusseldorf

Direção: Fritz Lang
País: Alemanha
Ano: 1931
Nome Original: M

Um misterioso infanticida leva o terror a Dusseldorf. A polícia local não consegue capturar o serial killer então um grupo de foras-da-lei se une para encontrar o assassino. Capturado pelos marginais, ele é julgado por um tribunal de criminosos e é acusado de ter quebrado a ética do submundo.

 

  • O Mensageiro do Diabo

 

O Mensageiro do Diabo

Direção: Charles Laughton
País: EUA
Ano: 1955
Nome Original: The Night of the Hunter

Baseado em romance de Davis Grubb, conta a história de um assassino de viúvas ricas que, ao sair da prisão, persegue uma família para encontrar o dinheiro que o pai, que conhecera na cadeia, havia guardado em lugar não revelado.

É o único filme dirigido pelo premiado ator Charles Laughton

 

  • O Anjo Exterminador

 

O Anjo Exterminador

Direção: Luis Buñuel
País: México
Ano: 1962
Nome Original: El Ángel Exterminador

Após uma extravagante e farta refeição, os convidados se sentem estranhamente incapazes de deixar a sala de jantar e, nos dias que se seguem, pouco a pouco, caem as máscaras de civilização e virtude e o grupo passa a viver como animais.

 

  • Noites de Cabiria

 

Noites de Cabiria

Direção: Federico Fellini
País: Itália
Ano: 1957
Nome Original: Le Notti di Cabiria

Uma prostituta procura, incansavelmente, seu verdadeiro amor nas ruas de Roma. Após muitas decepções, encontra o pretendente dos sonhos no local e hora mais inapropriados.

 

  • Ida

 

Ida

Direção: Pawel Pawlikowski
País: Polônia
Ano: 2013
Nome Original: Ida

Polônia, 1962. Anna é uma órfã criada por freiras. Ela vai visitar Wanda, o único parente vivo. Na visita, a tia diz a Anna que ela é judia, então as duas iniciam uma viagem, não só para encontrar a sua trágica história de família, mas para saber quem elas realmente são e aonde pertencem.

 

  • Aurora

 

Aurora

Direção: F.W. Murnau
País: EUA
Ano: 1927
Nome Original: Sunrise: A Song of Two Humans

Seduzido por uma moça da cidade, um fazendeiro tenta afogar sua mulher, mas desiste no último momento. Esta foge para a cidade, mas ele a segue para provar o seu amor. Vencedor de 3 Oscar, incluindo melhor atriz para Janet Gaynor (Nasce uma Estrela), Aurora é uma obra poética de grande beleza plástica, repleta de cenas inesquecíveis.

 

  • Psicose

 

Psicose

Direção: Alfred Hitchcock
País: EUA
Ano: 1960
Nome Original: Psycho

Marion Crane, rouba a firma em que trabalha e foge para recomeçar sua vida. Uma tempestade a faz parar num hotel de beira de estrada, onde é recebida pelo estranho, porém afável, Norman Bates, que cuida do lugar. Quando Marion, desaparece, sua irmã e o amante decidem investigar.

 

  • Sherlock Jr.

 

1924: American comedian Buster Keaton (1895-1966) armed with only a magnifying glass and a copy of 'How To Be A Detective' hopes to become a great detective in the film 'Sherlock Junior'.

Direção: Buster Keaton
País: EUA
Ano: 1924
Nome Original: Sherlock Jr.

Aspirante a detetive, um projecionista de cinema se vê em maus lençóis quando um rival rouba o relógio do pai da sua amada e o acusa. De volta ao seu trabalho, durante uma projeção, ele adormece e sonha que ele está em um filme, onde é o detetive da história, procurando por umas jóias roubadas.

 

  • Luzes da Cidade

 

Charlie Chaplin e Virginia Cherrill em cena do filme Luzes da cidade, com roteiro e direção de Chaplin, 1931.

Direção: Charles Chaplin
País: EUA
Ano: 1931
Nome Original: City Lights

A paixão de um vagabundo por uma pobre florista cega, que acredita que ele é um milionário, o motiva a tentar conseguir o dinheiro necessário da cirurgia para restaurar sua visão.

 

  • Crepúsculo dos Deuses

 

Crepúsculo dos Deuses

Direção: Billy Wilder
País: EUA
Ano: 1950
Nome Original: Sunset Blvd

No início um crime é cometido e uma voz em off começa a narrar que tudo começou quando Joe Gillis (William Holden), um roteirista fugindo de representantes de uma financeira que tentava recuperar o carro por falta de pagamento e se refugia em uma decadente mansão, cuja proprietária, Norma Desmond (Gloria Swanson), era uma estrela do cinema mudo. Quando Norma tem conhecimento que Joe é roteirista, contrata-o para revisar o roteiro de Salomé, que marcaria o seu retorno às telas. O roteiro era insuportável, mas o pagamento era bom e ele não tinha o que fazer. No entanto, o que o destino lhe reservava não seria nada agradável.

 

  • Ladrões de Bicicletas

 

Ladrões de bici

Direção: Vittorio de Sica
País: Itália
Ano: 1948
Nome Original: Ladri di Biciclette

A história se passa logo após a Segunda Grande Guerra, com a Itália destruída e o povo passando necessidade. Ricci consegue um emprego após muita espera. Só que esse emprego, de colador cartazes na rua, lhe pedia como obrigação uma bicicleta. Ricci e sua mulher Maria conseguem um dinheiro para uma, possibilitando que ele realize o seu trabalho. Há também o menino Bruno, filho do casal. Fascinado por bicicletas, o menino cai de cabeça com o pai na busca pela bicicleta que lhes foi roubada, quando Ricci trabalhava apenas em seu primeiro dia.

 

  • Os Incompreendidos

 

Os Incompreendidos

Direção: François Truffaut
País: França
Ano: 1959
Nome Original: Les Quatre Cents Coups

Os Incompreendidos (Les quatre cents coups) é um filme francês de 1959, do gênero drama, dirigido por François Truffaut. O filme narra a história do jovem parisiense Antoine Doinel, um garoto de 14 anos que se rebela contra o autoritarismo na escola e o desprezo dos pais Gilberte e Julien Doinel. Rejeitado, Doinel passa a faltar as aulas para freqüentar cinemas ou brincar com os amigos, principalmente René. Com o passar do tempo, as censuras o direcionarão, vivenciará descobertas e cometerá delitos em busca de atenção.

 

  • Acossado

 

Acossado

Direção: Jean Luc Godard
País: França
Ano: 1960
Nome Original: À Bout de Souffle

Homem rouba um carro e mata um policial antes de seguir para Paris. Lá, ele se esconde na casa de uma mulher, que tem o desejo de ser engravidada por ele. Quando ele perde a consciência e comete alguns pequenos delitos, dá também a brecha para os policiais o acharem e darem início a sua perseguição final.

 

  • A Última Sessão de Cinema

 

A Última Sessão de Cinema

Direção: Peter Bogdanovich
País: EUA
Ano: 1971
Nome Original: The Last Picture Show

Entre a 2ª Guerra Mundial e a Guerra da Coréia dois jovens, Duane Jackson (Jeff Bridges) e Sonny Crawford (Timothy Burrows), vivem em Anarene, uma pequena cidade no Texas. Eles se parecem fisicamente, mas mentalmente e emocionalmente vivem em diferentes planos, sendo que enquanto Duane é agressivo, Sonny é bem mais sensível. Boa parte do tempo deles é passado no cinema e no salão de sinuca. Enquanto Duane tenta se firmar freqüentando festas de embalo, Sonny é iniciado no sexo por Ruth Popper (Cloris Leachman), a frustrada esposa do seu treinador. Porém, independente do que aconteça, a cidade está morrendo silenciosamente e lentamente.

 

  • Repulsa ao Sexo

 

Repulsa ao Sexo

Direção: Roman Polanski
País: França
Ano: 1965
Nome Original: Repulsion

Em Londres Carol Ledoux (Catherine Deneuve) é uma bela mulher que é sexualmente reprimida e vive com sua irmã mais velha. Ela constantemente resiste aos assédios do seu namorado e também desaprova o amante da irmã. Quando esta viaja com ele em férias, Carol fica sozinha no apartamento e se afunda em uma profunda depressão, passando a ter várias alucinações.

 

  • A Infância de Ivan

 

A Infância de Ivan

Direção: Andrei Tarkovsky
País: Rússia
Ano: 1962
Nome Original: Ivanovo Detstvo

Durante a segunda Grade Guerra, os russos tentavam combater a investida nazista em seu território. Nas frentes soviéticas, Ivan, um garoto órfão de 12 anos, trabalha como um espião, podendo atravessar as fronteiras alemãs para coletar informação sem ser visto, e vive sob os cuidados de três oficiais russos. Mas, após inumeras missões, e com um desgaste físico cada vez maior, os oficiais resolvem poupar Ivan, mandando-o para a escola militar. Ganhador do Leão de Ouro em Veneza.

 

  • A Marca da Maldade

 

A Marca da Maldade

Direção: Orson Welles
País: EUA
Ano: 1958
Nome Original: Touch of Evil

Ao investigar um assassinato, Ramon Miguel Vargas (Charlton Heston), um chefe de polícia mexicano em lua-de-mel em uma pequena cidade da fronteira dos Estados Unidos com o México, entra em choque com Hank Quinlan (Orson Welles), um corrupto detetive americano que utiliza qualquer meio para deter o poder.

 

  • O Abraço da SerpenteO Abraço da Serpente

    Direção: Ciro Guerra
    País: Colombia
    Ano: 2015
    Nome Original: El Abrazo de la Serpiente

    abraco-da-serpente

    Karamakate, outrora um poderoso xamã da Amazônia, é o último sobrevivente de seu povo, e agora vive em isolamento voluntário nas profundezas da selva. Os anos de solidão absoluta o tornam vazio, privado de emoções e memórias. Sua vida sofre uma reviravolta quando chega ao seu esconderijo remoto Evan, um etnobotânico americano em busca da Yakruna, uma poderosa planta capaz de ensinar a sonhar.
    O xamã decide acompanhar o estrangeiro em sua busca, e juntos embarcam em uma viagem ao coração da selva, onde passado, presente e futuro se confundem, fazendo-o aos poucos recuperar suas memórias. Essas lembranças trazem uma dor profunda que não libertará Karamakate até que ele transmita o conhecimento ancestral que antes parecia destinado a perder-se para sempre.

One thought on “20 Filmes Preto e Branco para pessoas que não gostam de Preto e Branco

  • 30 de setembro de 2016 at 00:22
    Permalink

    Não vi todos da lista, mas olha, O Abraço da Serpente é maravilhoso!
    Assistam assistam assistam. ahahah

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *