12 Filmes de Max Von Sydow que Você Precisa Assistir

20Por Philippe Torres
Um dos maiores atores de todos os tempos, Max Von Sydow foi carta marcada nos filmes de Ingmar Bergman. A parceria do diretor sueco com o ator proporcionou-nos verdadeiras obras de arte e o prazer de poder assisti-lo. Imponente, a atuação forte, marcada e expressiva de Sydow cruzou os oceanos até as américas onde, até hoje, faz parte de produções, dentre elas Star Wars.


– O Sétimo Selo

Direção: Ingmar Bergman
País: Suécia
Após dez anos, um cavaleiro (Max Von Sydow) retorna das Cruzadas e encontra o país devastado pela peste negra. Sua fé em Deus é sensivelmente abalada e enquanto reflete sobre o significado da vida, a Morte (Bengt Ekerot) surge à sua frente querendo levá-lo, pois chegou sua hora. Objetivando ganhar tempo, convida-a para um jogo de xadrez que decidirá se ele parte com a Morte ou não. Tudo depende da sua vitória no jogo e a Morte concorda com o desafio, já que não perde nunca.
 
– Hannah e Suas Irmãs

max von sydow hannah and her sisters

Direção: Woody Allen
País: E.U.A
A amizade e o relacionamento de três irmãs vivendo em Nova York, seus conflitos amorosos e existenciais no meio de um grupo de amigos e parentes não muito homogêneo.
– Vergonha

Direção: Ingmar Bergman
País: Suécia
Jan e Evan Rosenberg são dois músicos que vão viver em uma ilha para fugir da guerra civil que assola seu país. A vida corre sem problemas, mas logo soldados também chegam à localidade. O filme focaliza os sentimentos conflitantes dos personagens à medida que a guerra e a vida prosseguem.
– O Exorcista

Direção: William Friedkin
País: E.U.A
Em Georgetown, Washington, uma atriz vai gradativamente tomando consciência que a sua filha de doze anos está tendo um comportamento completamente assustador. Deste modo, ela pede ajuda a um padre, que é também um psiquiatra, e este chega a conclusão de que a garota está possuída pelo demônio. Ele solicita então a ajuda de um segundo sacerdote, especialista em exorcismo, para tentar livrar a menina desta terrível possessão.
– A Fonte da Donzela

Direção: Ingmar Bergman
País: Suécia
Na Suécia, século XIV, a população oscilava entre o cristianismo e o paganismo. Herr Töre (Max von Sydow) e Märeta Töre (Birgitta Valberg) formam um casal que tem uma propriedade rural. Eles são cristãos fervorosos e incumbiram Karin Töre (Birgitta Pettersson), sua filha, uma adolescente de quinze anos, de levar velas para a igreja da região e acendê-las para a Virgem Maria.
– Pelle, o Conquistador

Direção: Bille August
País: Dinamarca
No século XIX, Lasse (Max von Sydow) e seu filho, Pelle (Pelle Hvenegaard), são imigrantes que deixam a Suécia e vão para a ilha de Bornholm, na Dinamarca, em busca de uma vida melhor. Eles encontram trabalho em uma grande fazenda. Porém, nesse emprego, são tratados quase como escravos e humilhados. Pelle aprende a falar dinamarquês mas, ainda assim, é tratado como um estrangeiro. Pai e filho estão num impasse entre o sonho de uma vida melhor ou terem que submeter à tais condições de trabalho para conquistar essa vida nova.
-Os Emigrantes

Direção: Jan Troell

País: SuéciaNa metade do século 19, o casal Kristina e Karl-Oskar vive numa vila rural no interior da Suécia. Mas o pequeno pedaço de terra que possuem é praticamente infértil, o que não lhes garantem boas colheitas. Certa vez um dos filhos quase morre de fome. É quando eles decidem emigrar para os Estados Unidos na companhia de outras famílias nas mesmas condições – e todos conduzidos por um padre local. Eles vendem o pouco que têm e embarcam numa longa jornada. Mas alguns desses emigrantes jamais chegarão ao Novo Mundo.

– O Boi

Direção: Sven Nykvist

País: SuéciaNa Suécia de 1868, o desespero provocado pela fome leva camponês a matar um boi do patrão para alimentar a esposa e a filha. Ninguém suspeita de nada até que a carne está acabando e Helge tenta vender o couro em um mercado. Ele é visto pelo pastor local e, com remorso, confessa. O vigário faz com ele se entregue.

– Através de um Espelho


 

 
Direção: Ingmar Bergman

País: SuéciaHarriet Andersson é a frágil Karin que, afetada por crises de loucura, entra em conflito com seus familiares durante as férias de verão numa ilha distante. Um drama psicológico intenso em que Bergman disseca o processo de degradação de uma família.

– O Preço do Triunfo

Direção: Jan Troell

País: SuéciaO filme começa de onde “Os Emigrantes” (1971) termina. Agora assentados, Kristina e Karl Oscar fazem o possível para garantir a sobrevivência de sua família nas florestas de Minnesota, em meados do século 19.

– A Hora do Lobo

Direção: Ingmar Bergman

País: SuéciaPintor (Max von Sydon) e sua esposa (Liv Ullmann) vão morar em uma ilha bastante afastada da sociedade. Lá, em meio a intensos conflitos psicológicos, o casal conhece um misterioso grupo de pessoas que passa a trazer angústias ainda maiores às suas vidas, levando-os a relembrar fatos passados e questionar a própria lucidez.

– A Paixão de Ana

Direção: Ingmar Bergman

País: SuéciaAndreas Winkelmann, um homem lutando contra o recente fim de seu casamento e o momento emocional que está enfrentando, isola-se em uma ilha no Mar Báltico. Lá, conhece Anna Fromm, que está de luto pela recente morte de seu filho e de seu marido, cujo nome também era Andreas. Ela parece crente em sua fé inabalável e na busca da verdade, mas aos poucos passa a conviver com uma série de delírios. Andreas e Anna tornam-se amantes, mas ele não é capaz de superar seus sentimentos de profunda humilhação e permanece incapaz de se relacionar. Entretanto, a comunidade da ilha passa a conviver por um maníaco que comete atos cruéis contra animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *