10 Filmes sobre a Alegoria da Caverna de Platão

Por Philippe Leão

 

Twitter: @Cineplotoficial
Instagram: @Cineplotoficial
Facebook: www.facebook.com/cineplot

É importante, mesmo que já esteja implícito, que se diga: Os realizadores dos filmes não necessariamente leram o autor em questão, mas neles é possível perceber seus pensamentos.

A Alegoria da Caverna é uma das alegorias mais importantes da história da filosofia. Nela, há a história de dois homens que nascem dentro de uma caverna que, sempre de costas para a saída, acreditam que ali reside a realidade. As sombras projetadas pelos animais e folhas nas paredes da caverna – sombras estas muitas vezes manipuladas -, para os homens, eram a realidade.
No momento em que um dos homens sai da caverna e encontra o mundo como coisa em si, fica encantado ao se deparar com as coisas que antes eram apenas sombras. Ao retornar a caverna, é ridicularizado e desacreditado. Seus colegas não conseguem acreditar em um mundo fora do seu.
Ao apresentar tal alegoria, Platão intenciona demonstrar que dentro da caverna, onde os homens se aprisionam, está o mundo material. Para ele, as coisas materiais não passam de sombras da realidade. Uma cadeira, material, está sujeita a deformação e destruição. Contudo, ao sair da caverna, o homem é capaz de enxergar a luz, o mundo das idéias. Lá, a ideia da cadeira é indestrutível. Com isso, para Platão, o mundo material não passa de uma mentira manipulada, e a verdade o mundo das ideias.
Assim, Platão divide o mundo em dois: o Mundo Sensível e o Inteligível.
No mundo sensível, dentro da caverna, reside as sombras, as opiniões, as crenças, a ilusão, o mundo material, onde podemos tocar. Contudo, só podemos alcançar o bem através do Mundo Inteligível, o mundo das ideias, científico dialético. Então, o caminho da transcendência do homem está ligada a ideia do pensamento. Para sair do mundo material, o homem deve atingir através do pensamento o mundo das ideias.
Há de se criticar a teoria platônica, base das religiões ocidentais. Nela, o homem vive nas trevas, nas dúvidas, e através do pensamento (ou do sábio, padre, pastor, um deus, nas religiões) encontra-se a luz em um mundo metafísico. Em primeiro lugar há de se questionar se a verdade está de fato na luz, nas respostas dadas. O caminho da luz e das respostas parece, muitas vezes um retorno às cavernas, agora iluminadas, mas aprisionadoras por ideias prontas, criadas por outros.
A alegoria das cavernas acabou por se tornar um recurso narrativo recorrente na literatura e Cinema. Diversos são os filmes que se utilizam na alegoria de maneira mais literal ou até mesmo questionando-a. É o caso de Chinatown, por exemplo, onde quanto mais o detetive busca a luz, a verdade, mais ele se afunda nas dúvidas e na escuridão.
Confira nosso canal e inscreva-se!
 Filmes sobre a Alegoria da Caverna de Platão

O Anjo Exterminador

Direção: Luis Buñuel
País: México
Ano: 1962
Nome Original: El Ángel Exterminador

Após uma extravagante e farta refeição, os convidados se sentem estranhamente incapazes de deixar a sala de jantar e, nos dias que se seguem, pouco a pouco, caem as máscaras de civilização e virtude e o grupo passa a viver como animais.

Metropolis
 Metropolis


Direção: Fritz LangPaís: Alemanha


O ano é 2026, a população mundial se divide em duas classes: a elite dominante e a classe operaria; esta condenada desde a infância a habitar os subsolos, escravos das monstruosas máquinas que controlam a metrópolis. Quando o filho do criador de Metrópolis se apaixona por Maria, a líder dos operários, tem inicio a mais simbólica luta de classe já registrada pelo cinema.

 

Ex Machina

Ex Machina

Direção: Alex Garland

País: Reino Unido

Em um refúgio nas montanhas de um talentoso bilionário da internet, um jovem participa de uma estranha experiência: testar a inteligência artificial, inserida no corpo de uma bela garota robô. Mas a experiência se torna uma sinistra batalha psicológica: um triângulo amoroso, onde a lealdade está dividida entre homem e máquina.

Continue na próxima página!

13 comentários em “10 Filmes sobre a Alegoria da Caverna de Platão

  • 23 de maio de 2016 em 09:42
    Permalink

    com alguns pontos de contato com “THX 1138”, mas centrado na questão da clonagem, “A Ilha” poderia estar nessa lista. E “The Matrix” não pode ficar de fora de listas como esta!!!!! (`_`0)

    Resposta
    • 24 de maio de 2016 em 21:51
      Permalink

      James, não se trata dos melhores ou simplesmente colocar um filme que trate do tema. Escolhermos aqueles que parece a nós boas indicações. Matrix é fraquinho. 🙂
      Mas claro, listas são sempre injustas. Por isso temos essa ética de jamais dizer que as escolhas são os melhores filmes sobre a temática. São apenas boas indicações.

      Abraço!!

      Resposta
      • 3 de agosto de 2016 em 07:54
        Permalink

        Matrix é fraco na aprofundação do tema, o primeiro foi muito forte e merece estar na lista por ser o ”precursor pop” do tema.

        Resposta
  • 17 de junho de 2016 em 09:46
    Permalink

    Boa lista.

    Contribuição: A vila, The Matrix, A ilha.

    Abraços

    Resposta
  • 15 de setembro de 2016 em 23:44
    Permalink

    No seminário de filosofia os filmes comparativos com a alegoria foram: O show de Truman, Vanilla Sky, A ilha, Matrix, O doador de memórias e A vila

    Resposta
  • 3 de outubro de 2016 em 06:47
    Permalink

    Faltou um filme muito bom de Luiz Buñel, O Anjo exterminador e também Ensaios sobre a Cegueira, assisti o filme e li o livro de José Saramago, o livro muito bom, o filme não tanto.

    Resposta
  • 2 de novembro de 2016 em 10:23
    Permalink

    Com certeza THX-1138, o primeiro longa de Georges Lucas, sobretudo, pelo diálogo que estabelece com referências importantes da literatura que trata da temática: Paris no século XX, de Jules Verne; We, de Yevgeny Zamyatin; e os dois nele inspirados Admirável mundo novo, de Aldous Huxley, e 1984, de George Orwell.

    Resposta
  • 2 de novembro de 2016 em 22:24
    Permalink

    Anjo exterminador de Luiz Buñuel, Ensaio sobre a Cegueira, Maçã de Adam.

    Resposta
  • 27 de dezembro de 2016 em 00:30
    Permalink

    Um filme para o público adolescente com esta temática é City of Ember – cidades das sombras (2008).

    Resposta
  • 28 de dezembro de 2016 em 19:45
    Permalink

    O Quarto também caberia nessa lista.

    Resposta
  • 2 de outubro de 2017 em 08:14
    Permalink

    Há tantos outros bons filmes e livros que fazem alusão a esta temática filosófica de Platão sobre o mito da caverna
    Anjo exterminador Bunuel
    Aldoux Huxley
    Akira Kurozaua

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *