20 Filmes sobre Revolução que Você Precisa Assistir

Por Philippe Torres

 

  • Kagemusha
 

 

Direção: Akira Kurosawa
País: JapãoShingen, um poderoso Senhor da Guerra, torna-se lendário como o lema que decora os seus estandartes: “veloz como o vento, silencioso como a floresta, feroz como o fogo, inalterável como a montanha”. Em meio a uma grande guerra, Shingen, seriamente ferido, ordena ao clã que use algum sósia para o substituir caso faleça – para manter a sua morte em segredo, evitando assim o ataque dos seus inimigos. Mas este é um vulgar criminoso que tem de aprender a transformar-se num grande líder e comandar um exército de 25.000 leais guerreiros Samurai… Drama épico sobre conflitos feudais no Japão do século XVI, “Kagemusha” ganhou o grande prémio do festival de Cannes 1980, e é considerado um marco na carreira do conceituado realizador Akira Kurosawa.

  • Cabra Marcado para Morrer

 

Direção: Eduardo Coutinho
País: BrasilO filme é uma narrativa semidocumental da vida de João Pedro Teixeira, um líder camponês da Paraíba, assassinado em 1962. Foi interrompido em 1964, em razão do golpe militar e recomeçado 17 anos depois. Foram reunidos os mesmos técnicos, locais e personagens reais para contar a sua história.
Conta a história das Ligas camponesas de Galiléia e de Sapé e a vida de João Pedro através das palavras de sua viúva, Elizabeth Teixeira, que conta sobre a sua vida nesses vinte anos, assim como a de seus filhos, separados dela desde dezembro de 1964.

  • Beasts of no Nation
Direção: Cary Joji Fukunaga
País: EUA
Quando a guerra civil de uma nação africana destrói sua família, o pequeno Agu acaba se juntando a mercenários e se transformando em soldado-criança.
  • Ensaio de Orquestra
Direção: Federico Fellini
País: Itália
Numa capela romana, agora um oratório, músico, chegam para um ensaio, Eles são avisados que estão sendo gravados por uma rede de TV. Então o maestro alemão chega, impondo ordem aos gritos. Durante um breve intervalo o maestro concede uma entrevista aos jornalista. Quando volta , encontra sua orquestra em estado de revolta. Será o fim? 0 que os trará de volta à música? Ensaio de orquestra é a homenagem do mestre Federico Fellinni à arte da música, uma das paixões de sua vida. Fundamental tanto para músicos como para cinéfilos, o filme traz a última das muitas trilhas sonoras que o genial Nino Rota compôs para Fellini.
  • Quando Explode a Vingança
Direção: Sergio Leone
País: Itália
Juan Miranda (Rod Steiger) é um camponês rude com coração de Robin Hood. Sean Mallory (James Coburn) é um revolucionário irlandês que é especialista em dinamite e vive agora no México. Após um início complicado eles passam a atuar juntos e se envolvem em um ousado plano de fuga para libertar prisioneiros políticos e na defesa de seus compatriotas contra a milícia de um sádico oficial.
  • Encouraçado Potenkim
Direção: Sergei Eisenstein
País: URSS
Baseado em eventos históricos, o filme conta a história de uma rebelião no Navio de Guerra Potemkin. O que começou como um protesto, gerou uma rebelião depois que foram servidas carnes estragadas aos marujos no jantar. Os marujos erguem a bandeira vermelha e tentam levar a revolução no navio até a sua terra natal, a cidade de Odessa.
  • A Batalha de Argel
Direção: Gillo Pontecorvo
País: França
Os eventos decisivos da guerra pela independência da Argélia, marco do processo de libertação das colônias européias na África. Entre 1954 e 1957 é mostrado o modo de agir dos dois lados do conflito, a Frente de Libertação Nacional e o exército francês. Enquanto que o exército usava técnicas de tortura e eliminava o maior número possível de rebeldes, a FLN desenvolvia técnicas não-convencionais de combate, baseadas na guerrilha e no terrorismo.
  • Doutor Jivago
Direção: David Lean
País: EUAO filme conta sobre os anos que antecederam, durante e após a Revolução Russa pela ótica de Yuri Zhivago (Omar Sharif), um médico e poeta. Yuri fica órfão ainda criança e vai para Moscou, onde é criado. Já adulto se casa com a aristocrática Tonya (Geraldine Chaplin), mas tem um envolvimento com Lara (Julie Christie), uma enfermeira que se torna a grande paixão da sua vida. Lara antes da revolução tinha sido estuprada por Victor Komarovsky (Rod Steiger), um político sem escrúpulos que já tinha se envolvido com a mãe de Lara, e se casou com Pasha Strelnikoff (Tom Courtenay), que se torna um vingativo revolucionário. A história é narrada em flashback por Yevgraf de Zhivago (Alec Guiness), o meio-irmão de Yuri que procura a sua sobrinha, que seria filha de Jivago com Lara. Enquanto Strelnikoff representa o “mal”, Yevgraf representa o “bom” elemento da Revolução Bolchevique.

  • Lucía
Direção: Humberto Solás
País: CubaA história de três mulheres (com mesmo nome) que vivem em momentos históricos diferentes em Cuba. A primeira, vinda de familia rica, vive na Cuba do final do séc XIX em meio das lutas da independência, onde se apaixona por um rico espanhol, que dará inicio a um pesadelo pessoal. A segunda, de familia de classe média, vive na Cuba da década de 30 sob a ditadura do ditador Machado e se apaixona por um militante de esquerda. A terceira, já na cuba revolucionária, é uma camponesa que trabalha nos campos coletivos e que se casa com um homem machista e autoritário.

  • Outubro
Direção: Sergei Eisenstein
País: URSSEm tom de documentário, acontecimentos em Petrogrado são encenados desde o fim da monarquia, em fevereiro de 1917, até o fim do governo provisório em novembro do mesmo ano. Lênin volta em abril. Em julho, os contra-revolucionários mandam prendê-lo. Em outubro, os Bolsheviks estão prontos para atacar: os dez dias que abalaram o mundo.

  • Se…
Direção: Lindsay Anderson

País: Reino UnidoEm uma escola pública inglesa estuda o jovem Mick Travis (Malcolm McDowell). Ele lidera um grupo de alunos rebeldes, os Crusaders. Insatisfeitos com o opressor sistema educacional, eles planejam uma grande vingança.

  • Antes da Revolução
Direção: Bernardo Bertolucci
País: Itália
Parma, 1964. Fabrizio, um jovem de 22 anos, passa por uma fase de indecisão política e afetiva. Apesar de renegar a burguesia, não se sente à vontade no movimento revolucionário, pois se considera à frente das ideologias da esquerda. Ao mesmo tempo, vive um amor conturbado com sua tia.
  • A Culpa é do Fidel
 
Direção: Julie Gavras
País: FrançaAnna de la Mesa (Nina Kervel-Bey) tem 9 anos, mora em Paris e leva uma vida regrada e tranqüila, dividida entre a  escola católica e o entorno familiar. O ano é 1970 e a prisão e morte do seu tio espanhol, um comunista convicto, balança a família. Ao voltar de uma viagem ao Chile, logo após a eleição de Salvador Allende, os pais de Anna estão diferentes e a vida familiar muda por completo: engajamento político, mudança para um apartamento menor, trocas constantes de babás, visitas inesperadas de amigos estranhos e barbudos. Assustada com essa nova realidade, Anna resiste à sua maneira. Aos poucos, porém, realiza uma nova compreensão do mundo.

  • Persépolis
 
Direção: Marjane Satrapi; Vincent Paronnaud
País: EUA; França
Marjane Satrapi (Gabrielle Lopes) é uma garota iraniana de 8 anos, que sonha em se tornar uma profetisa para poder salvar o mundo. Querida pelos pais e adorada pela avó, Marjane acompanha os acontecimentos que levam à queda do xá em seu país, juntamente com seu regime brutal. Tem início a nova República Islâmica, que controla como as pessoas devem se vestir e agir. Isto faz com que Marjane seja obrigada a usar véu, o que a incentiva a se tornar uma revolucionária.
  • Em Nome do Pai
 
Direção: Jim Sheridan
País: IrlandaEm 1974, um atentado a bomba produzido pelo IRA (Exército Republicano Irlandês) mata cinco pessoas num pub de Guilford, arredores de Londres. O filme conta a história real do jovem rebelde irlandês Gerry Conlon, que junto de três amigos, é injustamente preso e condenado pelo crime. Giuseppe Conlon, pai de Gerry, tenta ajudá-lo e também é condenado, mas pede ajuda à advogada Gareth Peirce, que investiga as irregularidades do caso.

  • Terra e Liberdade
 
Direção: Ken Loach
País: Reino UnidoEm 1936, jovem inglês desempregado abandona Liverpool para lutar contra os fascistas na Guerra Civil espanhola. Junta-se ao contingente internacional da Milícia Republicana, em Aragon, e mais tarde se desentende com seus companheiros do Partido Comunista. Com essa história, Loach exprime sua precisa visão política e seu engajamento socialista inflexível.

  • Soy Cuba
 
Direção: Mikhail Kalatozov
País: Cuba; RússiaQuatro histórias independentes traçam um painel de Cuba entre a derrubada do regime de Batista e a revolução comunista. Em Havana, Maria envergonha-se quando o homem de quem gosta descobre como ela ganha a vida. Pedro, um camponês idoso, descobre que a terra que cultiva foi vendida a uma empresa. Um universitário vê seus amigos serem atacados pela polícia quando distribuíam panfletos a favor de Fidel Castro. Por fim, uma família de camponeses é ameaçada pelas forças de Batista.

  • Deus e o Diabo na Terra do Sol
 
Direção: Glauber Rocha
País: BrasilManuel (Geraldo Del Rey) é um vaqueiro que se revolta contra a exploração imposta pelo coronel Moraes (Mílton Roda) e acaba matando-o numa briga. Ele passa a ser perseguido por jagunços, o que faz com que fuja com sua esposa Rosa (Yoná Magalhães). O casal se junta aos seguidores do beato Sebastião (Lídio Silva), que promete o fim do sofrimento através do retorno a um catolicismo místico e ritual. Porém ao presenciar a morte de uma criança Rosa mata o beato. Simultaneamente Antônio das Mortes (Maurício do Valle), um matador de aluguel a serviço da Igreja Católica e dos latifundiários da região, extermina os seguidores do beato.

  • A Língua das Mariposas
 
Direção: José Luis Cuerda
País: EspanhaO mundo do pequeno Moncho estava se transformando: começando na escola, vivia em tempo de fazer amigos e descobrir novas coisas, até o início da Guerra Civil Espanhola, quando ele reconhecerá a dura realidade de seu país. Rebeldes fascistas abrem fogo contra o regime republicano e o povo se divide. O pai e o professor do menino são republicanos, mas os rebeldes ganham força, virando a vida do garoto de pernas para o ar.

  • Sacco e Vanzetti
 
Direção: Giuliano Montaldo
País: França; ItáliaBoston, início dos anos 20. Nicola Sacco (Riccardo Cucciolla) e Bartolomeo Vanzetti (Gian Maria Volonté) são dois imigrantes italianos, sendo o primeiro um sapateiro e o outro um peixeiro, que são detidos pela polícia. Ninguém negava que eram anarquistas, na verdade eles mesmo admitiam, pois acreditavam que era a única forma de o homem ser explorado pelo homem. Porém era duvidoso que Sacco e Vanzetti fossem culpados de um assassinato, que aconteceu em 15 de abril de 1920. O julgamento deles deixou de ser algo baseado na justiça e sim na política, pois deviam ser condenados por serem estrangeiros e seguirem uma doutrina política que se opunha ao conservadorismo, que tinha as rédeas do poder nos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *