12 Filmes sobre Escritores que Você Precisa Assistir

Por Philippe Torres

  • Adaptação
Direção: Spike Jonze
País: E.U.ACharlie Kaufman (Nicolas Cage) precisa de qualquer maneira adaptar para o cinema o romance “The Orchid Thief”, de Susan Orlean (Meryl Streep). O livro conta a história de John Laroche (Chris Cooper), um fornecedor de plantas que clona orquídeas raras para vendê-las a colecionadores. Porém, além das dificuldades naturais da adaptação de um livro em roteiro de cinema, Charlie precisa lidar também com sua baixa auto-estima, sua frustração sexual e ainda Donald, seu irmão gêmeo que vive como um parasita em sua vida e sonha em também se tornar um roteirista.

  • O Joelho de Claire
 
Direção: Eric Rohmer
País: França
Jerome (Jean-Claude Brialy) é um diplomata que passa suas últimas férias de solteiro às margens do lago Annecy. Lá ele reencontra Aurora (Aurora Cornu), uma escritora italiana que é sua amiga e que alugou um quarto na casa de uma senhora e suas duas filhas, Laura (Béatrice Romand) e Claire (Laurence de Monaghan). Logo Aurora o avisa que Laura está interessada nele, incentivando-o a ter um último namoro antes do casamento. Entretanto Jerome está interessado em Claire, tendo um desejo obsessivo em acariciar seu joelho. Quinto filme da série Seis Contos Morais.
  • Antes do Por-do-sol
Direção: Richard Linklater
País: EUA
Quando Jesse (Ethan Hawke) e Celine (Julie Delpy) se encontraram pela primeira vez em meados dos anos 90, as poucas horas que passaram juntos em Viena foram totalmente espontâneas e reveladoras. Nove anos depois, o raio cai pela segunda vez no mesmo lugar. Eles inesperadamente se encontram em Paris… E têm mais algumas horas em uma tarde para decidir se devem compartilhar o futuro entre eles.
  • Misery
Direção: Rob Reiner
País: EUAPaul Sheldon (James Caan) é um escritor famoso que sofre um acidente de carro, sendo socorrido por uma enfermeira (Kathy Bates) que se autodenomina sua fã número um. Ela o leva para sua casa e passa a cuidá-lo. Mas, ao ler os originais do novo livro do escritor, percebe que sua personalidade predileta será morta, fazendo com que sua personalidade doentia se revele. Sem poder se locomover, Sheldon se vê à mercê das loucuras da “fã”.

  • Dentro da Casa
Direção: François Ozon
País: FrançaUm rapaz de 16 anos consegue entrar na casa de um colega da sua aula de literatura e resolve escrever sobre o fato no seu trabalho de francês. Animado com o dom natural do aluno e o progresso do seu trabalho, o professor volta a apreciar a função de educador dos jovens. Entretanto, a invasão do aluno vai desencadear uma série de eventos incontroláveis.

  • Mistérios e Paixões
Direção: David Cronenberg
País: CanadaBill Lee é um escritor fracassado que trabalha como dedetizador de insetos para sobreviver. Seu emprego está por um fio, já que seu estoque de inseticida vive misteriosamente se esgotando. Ele descobre que sua mulher está viciada no produto, e, incentivado por ela, experimenta-o e inicia uma viagem alucinógena recheada de absurdos.

  • As Horas
Direção: Stephen Daldry
País: E.U.AEm três períodos diferentes vivem três mulheres ligadas ao livro “Mrs. Dalloway”. Em 1923 vive Virginia Woolf, autora do livro, que enfrenta uma crise de depressão e idéias de suicídio. Em 1949 vive Laura Brown, uma dona de casa grávida que mora em Los Angeles, planeja uma festa de aniversário para o marido e não consegue parar de ler o livro . Nos dias atuais vive Clarissa Vaughn, uma editora de livros que vive em Nova York e dá uma festa para Richard, escritor que fora seu amante no passado e hoje está com Aids e morrendo.

  • Providence
Direção: Alain Resnais
País: FrançaA certeza de que está prestes a ser vencido pelo câncer leva um velho escritor a reunir seus familiares enquanto luta para finalizar seu último romance, no qual mescla realidade e ficção para retratá-los como pessoas desprezíveis.

  • Contos Proibidos do Marquês de Sade
Direção: Philip Kaufman
País: Alemanha; EUA e Irlanda do NorteVivendo em um asilo ao término de sua vida, o Marquês de Sade (Geoffrey Rush) torna-se amigo do diretor do asilo em que reside, Abbe Coulmier (Joaquin Phoenix). Com ele o Marquês troca confidências a respeito da afeição de ambos para com a lavadeira do asilo, Madeleine (Kate Winslet). A amizade de ambos cresce cada vez mais, até que Napoleão Bonaparte envia ao asilo um conceituado médico (Michael Caine), no intuito de curar o Marquês de sua suposta loucura. Entretanto, a vinda do médico apenas faz com que o caráter rebelde do Marquês fique cada vez mais forte.

  • O Iluminado
Direção: Stanley Kubrick
País: Reino UnidoDurante o inverno, um homem, é contratado para ficar como vigia em um hotel no Colorado, e vai para lá com a mulher e seu filho. Porém, o contínuo isolamento começa a lhe causar problemas mentais sérios e ele vai se tornado cada vez mais agressivo e perigoso, ao mesmo tempo que seu filho passa a ter visões de acontecimentos ocorridos no passado, que também foram causados pelo isolamento excessivo.

  • Meia Noite em Paris
Direção: Woody Allen
País: EUAGil (Owen Wilson) sempre idolatrou os grandes escritores americanos e quis ser como eles. A vida lhe levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que por um lado fez com que fosse muito bem remunerado, por outro lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora ele está prestes a ir para Paris ao lado de sua noiva, Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy). John irá à cidade para fechar um grande negócio e não se preocupa nem um pouco em esconder sua desaprovação pelo futuro genro. Estar em Paris faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor

  • Crepúsculo dos Deuses
Direção: Billy Wilder
País: EUANo início um crime é cometido e uma voz em off começa a narrar que tudo começou quando Joe Gillis (William Holden), um roteirista fugindo de representantes de uma financeira que tentava recuperar o carro por falta de pagamento e se refugia em uma decadente mansão, cuja proprietária, Norma Desmond (Gloria Swanson), era uma estrela do cinema mudo. Quando Norma tem conhecimento que Joe é roteirista, contrata-o para revisar o roteiro de Salomé, que marcaria o seu retorno às telas. O roteiro era insuportável, mas o pagamento era bom e ele não tinha o que fazer. No entanto, o que o destino lhe reservava não seria nada agradável.

3 thoughts on “12 Filmes sobre Escritores que Você Precisa Assistir

  • 30 de maio de 2016 at 22:02
    Permalink

    O filme sobre Sade é um dos mais belos elogios ao poder da palavra escrita que eu já conheci.

    Reply
  • 23 de julho de 2016 at 18:38
    Permalink

    As Palavras é um ótimo filme sobre escritores.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *